Bem vindo(a) a eucorro.com!

Novidades


QUINTA-FEIRA, 29 DE OUTUBRO DE 2015

Maringaenses Rumo a Maratona de Nova Iorque





Amanhecer em Maringá - Amplie
Amanhecer em Maringá - Foto: Sandro Cabral
O dia nem havia amanhecido direito e lá estavam eles, prontos para mais um treino longo de domingo. A final eles estão se preparando para a maior, mais famosa e mais desejada maratona do mundo. No grupo alguns maratonistas que até tiveram o privilégio de serem sorteados para Nova Iorque em 2012, mas infelizmente a prova foi cancelada devido a passagem da supertempestade Sandy.

Este ano serão 50 mil corredores, o mundo inteiro quer correr essa prova, sonho de nove a cada dez maratonistas. Todos fizeram a pré-inscrição para concorrer a uma vaga, mas somente um foi sorteado, os demais tiveram que optar pela inscrição através das agências de viagem. Eles embarcam hoje (29/10), nada de turismo antes da prova, no sábado é dia da tão esperada Expo, dizem que a entrega dos kits, chama a atenção pela excelente organização. Sempre com a participação de voluntários, a maioria pessoas da terceira idade. No domingo (01/11) o grande dia, e hoje a ansiedade já deve estar a mil.

O clima "esperado" para o dia da prova é o ideal, expectativa de 12 a 15 graus durante a prova. O mais complicado para essa prova é a logística da largada. Os corredores devem acordar por volta das 4:30, pois são transportados de ônibus até Staten Island para largar ao pé da Verrazano-Narrow Bridge, um dos cartões-postais da cidade. A largada da prova acontece em 4 ondas, com a primeira saindo às 9:40 e as outras com 25 minutos de diferença entre elas. Previsão de largada dos maringaenses por volta das 10:15. Não será fácil, muitas horas de espera.


Maringaenses na Maratona de Nova Iorque - Foto: Sandro Cabral
Maringaenses na Maratona de Nova Iorque - Foto: Sandro Cabral

Eduardo Borin, Peter Elshof, Daniele Rejali, Tatiane Garbuggio, Odenir Marion e Tiago Lopes - Amplie


O "eucorro ponto com", conversou com Peter Elshof, um dos maratonistas que irá representar Maringá em Nova Iorque. Ele nos conta um pouco de sua trajetória de corredor, das experiências do frio em Ushuaia no Chile, ao calor do deserto do Atacama, sempre na companhia dos amigos. Elshof fala ainda de suas expectativas na maratona em NY. Bem interessante, como a maioria dos corredores o desejo é sempre de fazer uma boa prova, mas se der para baixar um pouco o tempo, tanto melhor. Assim, abrimos aspas ao nosso amigo holandês.

Eu comecei a correr 3 anos atrás e com 42 anos, estava com 92Kg e com saúde péssima. Depois de uma visita ao Doutor Georges Kotsifas, Nutrólogo, que me alertou que eu tinha que fazer uma atividade física, comecei com corrida que era o mais fácil pelo tanto que viajo, um par de Tênis bastava. Sempre sob o acompanhamento do Dr. e meu personal Trainer, Tiago Lopes, fui correndo de 1 km para 5, para 10, até a primeira prova de 23K no deserto de Atacama - Chile Março 2013.


Peter Elshof - Amplie
Peter Elshof - Foto: Sandro Cabral
Me preparei com a planilha do Aldonei Reis para a primeira maratona e desafio de Dunga da Disney em Orlando Florida em janeiro 2014. Foram quarto distancias em 4 dias, 5 Km (junto com os filhos Pedro 12 anos e Amanda tinha 10 Anos) no 1º dia, 10Km (junto com Odenir e as duas filhas) segundo dia, 21 Km 3º dia (junto com esposa Marcia) e a maratona no quarto dia Junto com Eduardo e Odenir, fizemos esta prova e foi sensacional, terminei minha primeira maratona em 3h59m.

Em Maio 2014 fui para Fim do Mundo - Ushuaia Argentina. Fiz a maratona de Mountain Do em 4 horas, mas não deu 42 Km. Em Outubro 2014 fiz a Maratona de Punta del Este com Ricardo e Tiago em 3h46m, minha terceira e última até agora.

Me machuquei depois muitos treinos, então não fiz muita coisa em 2015. Mas com ajuda do Eduardo Ruhling da SportFísio estou preparado para NY, muito ansioso porque quero melhorar meu tempo, 3h45m já será bom, abaixo de 3h40m vou ficar muito feliz. Tem dado pouco tempo para treinar, muitas viagens de trabalho que atrapalham os treinos e preparativos, mas agora estou com 79kg e me sinto muito bem e feliz. Isto é muito importante e tenho que agradecer muito a minha família em casa, com todos este treinos e mau humor nas dietas, eles tem me aguentado bem. Vou levar minha querida esposa Marcia para tirar fotos e passear depois da corrida porque ela merece!
Infelizmente na foto acima, o grupo não estava completo, nem sempre é fácil juntar todos num único treino. Mas um fato muito importante do grupo, é que eles não apenas correm, viajam e se divertem. Desde a prova no Atacama, eles criaram uma ação solidária que se chama "PÉS SOLIDÁRIOS", arrecadam dinheiro para doações as ONGs que trabalham com crianças, nas ações tudo que é arrecadado é doado integralmente.

Para finalizar, desejamos boa viagem a todos, vão com Deus. Boa sorte e uma excelente maratona, que cada um consiga o seu objetivo.




 COMENTÁRIOS (0)

Faça seu login no topo da página para enviar seu comentário, se você ainda não é cadastrado clique aqui.